20 de março de 2016

Anime: análise geral de Fairy Tail

Oooi pessoal, tudo bom? 
Hoje, daremos início à coluna sobre animes: a análise geral. Na análise geral, serão abordadas características importantes sobre o anime para você que está em dúvida: assistir ou não esse anime? Ele faz meu estilo?

Esses serão os tópicos abordados:
  • Uma pequena introdução ao universo do anime.
  • Sobre o que anime trata?
  • Quais seus pontos fracos e fortes?
  • Qual sua classificação e faixa etária?
  • Os personagens são bons?
  • Qual a mensagem que ele passa?
E o anime escolhido foi o Fairy Tail, um de meus favoritos! Agora vamos conhecê-lo um pouco mais  e ver se ele realmente faz seu estilo e se vale a pena assisti-lo:






Sinopse

"O Reino de Fiore... Um país neutro de 17 milhões de habitantes. Esse é o mundo da magia. A magia é usada todo dia, é uma parte importante na vida das pessoas. E há aqueles que usam a magia com seu trabalho. As pessoas os chamam de Magos. Esses Magos pertencem a várias guildas e fazem trabalho por comissão. Existe uma quantidade enorme de guildas no país. E, em uma certa cidade, há uma certa guilda. Uma guilda onde várias lendas nasceram, ou melhor, onde várias lendas irão nascer. E seu nome é Fairy Tail." Ela é uma das melhores e mais fortes guildas do reino de Fiore, que fica na cidade de Magnólia, sendo considerada a guilda número 1.  O problema é que ser a guilda número 1 não é nada fácil e isso trará uma série de problemas e consequências. Sempre existirá alguém querendo destruiu tudo, não é mesmo? Ou derrotar a guilda.
É aí que Natsu, Lucy e os seus companheiros, Happy, Gray e Erza, da Fairy Tail entram.
Juntos eles vão defender a guilda e a família Fairy Tail e provar a seus inimigos que a amizade está acima de tudo. Até dá força.





Foco e Mensagem

Qual o foco do anime? Pode-se dizer que, de um modo geral, ele demonstra laços de amizade fortíssimos que nascem e crescem, sempre. Amizade para a Fairy Tail é mais importante do que tudo e isso fará com que a guilda supere diversos obstáculos. Fazer parte de uma família, que não precisa ser entre pessoas do mesmo sangue, e lutar por ela é o que importa. Os magos da Fairy Tail estão sempre dispostos a ajudar quem precisa e não levam desaforo para casa, ou melhor, para a guilda. E claro, não deixam que ninguém inocente seja prejudicado; nem mesmo os que merecem, de forma injusta. 
Tudo isso, trará situações emocionantes que te deixarão com os olhos cheios d'água e te farão pensar: isso que é amizade, isso que é amor. E certamente, depois de assistir Fairy Tail, você desejará formar uma guilda (hahahah, eu quero!).
E não é só isso, esses magos sabem perdoar quem lhe fez mal e sabem SE perdoar. 

Particularmente, é isso que me atrai nos animes/mangás: a maioria sempre traz uma mensagem muito bonita e importante nos fazendo refletir sobre muitas questões.

Fairy Tail é um anime que ensina valores essenciais


Classificação e Faixa Etária

Fairy Tail é um Shonen, O que é isso? Shonen em japonês significa "jovem garoto". Animes desse estilo têm como público alvo adolescentes. Shonen tem como foco principal a amizade e é repleto de batalhas.
Mesmo que o publico alvo seja os adolescentes, Fairy Tail alcança um publico muito vasto: de crianças até adultos. É um anime divertido com personagens maduros.

Enfim, se você está em busca de um anime leve, engraçado e emocionante, você precisa assistir Fairy Tail

Eu diria que é um anime indicado para todas as idades, mas existem controvérsias de que ele é indicado para maiores de 10/11 anos. Nem todos entenderão a mensagem que o anime passa... ou algumas coisas que o anime deixa no ar, por exemplo, alguns romances.

Os magos da Fairy Tail travam diversas batalhas que envolvem os mais criativos tipos de magia, mas não há sangue. Muitos dizem que esse detalhe é um ponto negativo, pois, o personagem apanha, apanha, apanha e nos só conseguimos ver que eles estão machucados por causa algumas manchas que aparecem na pela e/ou estarem enfaixados, literalmente. Não há sangue. Não há mortes (talvez uma ou duas, mas não é mostrado).



Se você não gosta muito de romance, fique tranquilo (a) pois não aparecerá nenhum casal trocando carícias ou declarando-se (salvo uma ou duas exceções também, mais cômicas do que românticas). Se você gosta de romance, esse também pode ser um ponto fraco, porém, se você prestar muita atenção existem alguns romances no ar.

E que particularmente me dão um tanto de raiva, pois tem hora que você se pega pensando: beija logooo, para de enrolação!!!! E depois você pensa: será que era só impressão minha... eles não se gostam? Romance em Fairy Tail, não existe explicitamente. Por outro lado isso é muito bom também, porque se ter romance numa estória que não foca nisso? Animes de romance existem aos monte, não é? Então Fairy Tail deixou isso de lado.

Há quem diga que o anime tem seu toque sensual, as mulheres do anime são todas linda, esbeltas e com seios fartos... as vezes aparecem de biquíni, algumas usam roupas mais curtas e decotadas. Mas eu, particularmente, não vejo nada demais e não me sinto incomodada (obs: eu odeio animes eróticos/ecchi). Não é nada muito forçado, não há apelos sexuais.


Personagens

O interessante desse anime é que ele possui uma quantidade muito grande de personagens secundários, claro que eles não aparecem o tempo todo, mas certamente em determinada etapa da estória eles vão se destacar e mostrar do que são capazes. E você vai se surpreender. Existem personagens para todos os gostos.
Há certa controvérsia quanto aos personagens principais, é difícil se chegar a um acordo sobre quem é o verdadeiro protagonista do anime.


No decorrer da estória, alguns personagens novos vão surgindo. Alguns vilões, por exemplo, que, ao descobrir o verdadeiro valor da amizade, entraram para a Fairy Tail, e outros perdidos pelo universo também (hahaha). Esses personagens novos serão muito importantes, e  talvez se tornem um dos principais!

Cada arco descará alguns personagens e poderá contar suas estórias que muitas vezes são emocionantes. Muitas das tragédias que podem vir a ocorrer no anime, e que talvez serão evitadas pela guilda, podem estar relacionadas com a vida de alguns desses personagens.

Outra questão interessante é que essas estórias individuais não são infantis, são tristes, emocionantes, estórias de perdas, de superação.

Há personagens extremamente fortes tanto femininos quanto masculinos.



Estrutura, Episódios e Temporadas

O anime possui vários episódios superando o número de 250, mas é tremendamente emocionante e engraçado, características que tornam essa quantidade um número muito pequeno. Fairy Tail não possui muitos fillers comparado a outros animes. O que são fillers? Fillers são episódios com estórias individuais que não fazem parte da saga, por exemplo, o dia de algum personagem, uma missão pouco importante, uma festa na guilda.

O anime ainda está sendo lançado e está em alta no japão, por isso, ele será desenvolvi até o final do mangá. O mangá está dois arcos a frente do anime e tudo leva a crer que este ultimo arco que está sendo publicado será o ultimo, mas não há confirmação.

Fairy Tail é dividido por arcos, para quem não sabe o que é, explico agora: arcos são uma espécie de temporada. Cada arco tem uma história central e seguir a sequência correta dos arcos (ordem crescente do número de episódios) é seguir a continuação e evolução desse mundo mágico.  Mesmo assim, o anime não perde o foco principal e a cada arco os personagens evoluem e a estória fica cada vez melhor e empolgante: você vai conhecendo melhor o reino de Fiore, aparecem inimigos cada vez mais fortes e malignos.

Antes, o objetivo  da guilda era apenas se proteger e cumprir seus trabalhos, com o decorrer do tempo os trabalhos que antes eram simples ficam mais difíceis e perigosos, tomando rumos maiores, levando os personagens a salvarem o reino.

Para quem não conhece, cada episódio tem cerca de 20 minutos de duração.


Resumindo

Fairy Tail vale a pena ser assistido sim. Ele conseguirá lhe arrancar algumas lágrimas e, logo em seguida, fazer você rir. É bem engraçado e divertido.

As batalhas são muito boas e emocionantes, fazendo você vibrar pelos personagens demasiadamente cativantes e guerreiros (fodõesss, rs). A maioria das estórias também.
Não tem sangue e nem mortes. Não é violento (apesar de ser um anime com diversas batalhas).
Não é erótico (depende do ponto de vista), pelo menos eu não vi nada demais.
Não tem romance e foca mais no valor da amizade.




Conseguiram ter uma noção sobre o que é o anime? Bom, como todo anime compostos por diversas sagas, Fairy Tail tem seus altos e baixos. Possui alguns episódios chatos e algumas estórias também. Em geral, o anime fica melhor a cada arco e os personagens sempre surpreendem.

No próximo domingo teremos a resenha do primeiro arco do anime. Nela, serão apresentados alguns dos personagens principais e a estória da saga, uma introdução, sem spoiler. Também falarei um pouco sobre os altos e baixos do arco e explicarei um pouco mais sobre o mundo de Fiore: como funciona a magia nesse mundo? Quais os tipos de magos (se é que é possível classificá-los)? Quantos episódios possui? O que vocês acham da ideia?

Espero que tenham gostado! Você já assistiu esse anime? Acompanha? Está gostando? Qual mais você está assistindo?
E você que nunca viu, gostou do que leu?

3 comentários:

  1. Oi Erica, nós do blog As Faces de Amélia indicamos você para responder a TAG Liebster Award, segue o link da nossa postagem: http://www.asfacesdeamelia.com/2016/03/tag-liebster-award.html?m=1
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Ele é um dos meus favoritos! Recomento muito para quem gosta de aventuras com pitadas de humor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...