24 de fevereiro de 2016

Resenha: Fortaleza Negra - Kel Costa





Autora: Kel Costa
Editora: Jangada
Lançamento: 2014
Páginas: 416
Classificação: 4/5 estrelas.
Links: Skoob, Goodreads.


Vampiros x minotauros x humanos. Engraçado e empolgante!








RESENHA:

Nosso planeta vive numa nova era: a Terra é dominada por vampiros!
No ano de 1985, o chefe de Estadão da antiga União Soviética foi assassinado e em seu lugar entrou um vampiro chamado Mikhail Gorbachev pondo fim a Guerra Fria. Numa transmissão mundial, os cinco vampiros mais poderosos e antigos da Terra informaram que seriam os líderes daquela região. Depois, sequiosos por mais poder, iniciaram uma guerra com o mundo até que todos os países cederam, tendo então todo o planeta no domínio dos vampiros. Seus vampiros subordinados assumiram os principais e mais importantes cargos. 
A dominação teve suas vantagens, por exemplo, não havia mais guerra entre os humanos, os crimes também não existiam mais. Que lógica havia deixar os humanos se matarem? Se fossem para serem mortos, que fosse pelo menos servindo de alimento!
Além de vampiros, também existem centauros e minotauros. Ambos, inimigos dos vampiros e temidos pelos humanos. Quando apareciam, destruíam tudo e todos. As pessoas não podiam mais sair a noite e viviam num constante medo e insegurança.
Shasha, uma garota com cabelos laranja de 16 anos morava nos Estados Unidos com sua família. Era rica e tinha uma vida considerada "normal" já que sua cidade ainda não havia sido atacada por minotauros. Um dia, isso passa a acontecer. Desesperado, seu pai, um importante biólogo, não vê outra alternativa a não ser levar sua família para a Fortaleza Negra. O que seu pai tinha de tão importante para poder escolher morar lá? 
A Fortaleza negra é uma cidade negra, localizada na Rússia, cercada por muros altos e impenetráveis, onde vivem os 5 mestres, os vampiros e os humanos mais importantes da Terra.
Inconformada, Shasha não aceita a mudança mas, uma vez lá dentro, passa a reconsiderar sua opinião. Na cidade negra, a família - Shasha, seus pais e seu irmão- conhecem os misteriosos e temerosos mestres que só são vistos por quem reside no lugar, além disso, eles têm de se adaptar a nova e estranha realidade. 
Em um lugar cheio de regras e mistérios, Shasha vive se metendo em confusão. Inteligente e questionadora, não consegue permanecer quieta por muito tempo quando necessário  e não leva desaforo para casa. Misturando sua curiosidade e coragem adolescente, logo está na mira dos mestres. Sua sorte é que seu pai é de tanta importância para a sociedade vampírica que muitas vezes sai ilesa, mas não sempre.
Acontece que o problema não são os vampiros e sim os centauros e minotauros: o que fazer com estes seres monstruosos e violentos que estão atacando as cidades com mais frequência? É claro que um dia não serão apenas os humanos a sofrerem com os ataques. Aliás, os vampiros também sofrem já que menos humanos significa menos comida.


OPINIÃO:

Sendo uma grande fã da Anne Rice e suas crônicas vampirescas, no começo, achei o livro completamente sem nexo e com uma história louca. Tive que abrir minha cabeça e deixar a Anne de lado: seus vampiros, para mim, são a perfeição e os verdadeiros vampiros! Deparando-me com vampiros tão diferentes numa realidade igualmente distinta, não deu outra, achei absurdo! Mas é claro que cada autor tem sua liberdade de criar a realidade e seus personagens (principalmente suas características) da maneira que preferir. Deixando minha cabeça dura de lado, ao aceitar essa realidade da autora, mergulhei nessa realidade.
É diferente de tudo que já li. E esse mistura de vampiros, minotauros e centauros... para mim é inédita. 
Além de toda essa realidade e confusão, também há romance. Um romance bem diferente, quem gosta de cenas picantes pode gostar, quem não gosta, também. Eu não gosto. Me senti incomodada em algumas partes, mas foi bem interessante. ahaha 
Esse livro é só o primeiro de uma trilogia e, nossa, acabou de uma forma que eu preciiiso muuuuitoo ler a continuação.

O que não gostei: é um livro nacional de fantasia. A estória se passa na Terra, nos países que conhecemos, mas não há personagens brasileiros e nada relacionado com o Brasil. A ambientação fica entre EUA e Rússia (por que será, né?), Shasha e sua família são americanas (com exceção da mãe que é Russa).  E eu me pergunto, por que não Brasil minha gente? Basta termos uma preferência nacional por livros americanos, ainda temos que ler livros brasileiros com personagens americanos? Em determinadas situações precisamos ser nacionalistas (minha humilde opinião). Fora isso, "ok", gostei do livro.
Aliás, tem algumas situações que ocorreram, para mim, que me fiz diversas perguntas, nada de tão importante, apenas pequenos detalhes (sou detalhista). Mesmo assim, eu realmente gostei do livro.


PERSONAGENS E NARRAÇÃO:

Os personagens são divertidos e bem desenvolvidos. 
Shasha e seus amigos são uma figura! 
Os vampiros são bem misteriosos e indiferentes como tem que ser.

É narrado em primeira pessoa por Shasha, os capítulos são curtos (gosto de capítulos curtos). Também possui narração de mais um personagem, você terá que ler para saber quem é.rs

Tem tudo para ser uma ótima série!


SOBRE O LIVRO:

A qualidade do livro é ótima. Nas últimas páginas tem algumas ilustrações dos personagens: de Shasha, dos vampiros mestres, centauros, minotauros e da Fortaleza Negra. A folha das ilustrações tem uma qualidade boa também, o único problema é que depois de um tempo elas soltam. f

43 comentários:

  1. Oi Erica =)

    Sou super mente aberta para novas fantasias. Me chamou bastante atenção esse livro justamente por isso, essa mistura de vampiros, minotauros e centauros, pelo que entendi deu super certa. Também não entendo esses autores brasileiros que cismam em fazer personagens e ambientações em outros países. Nosso Brasil tem cenários incríveis, acho uma pena essa desvalorização.


    Bjos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu Stefani, eu também sou bem mente aberta, mas como sou apaixonada pelas obras da Anne... é impossível para mim não comparar obras semelhantes com as dela, sabe? E para mim a Anne Rice sempre é melhor.
      Mas eu adorei sim esse livro, apesar dos pontos negativos. É bem divertido e faz você querer ler o livro por horas.

      Excluir
  2. Oiee ^^
    Como não curto muito livros sobrenaturais, "Fortaleza negra" foi uma enorme surpresa para mim, pois eu fiquei tão encantada com a história que nem percebi que o livro estava acabando. Estou doida para ler a continuação, que parece ser ainda melhor que o primeiro ♥ Também adorei os personagens ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou doooooooida para ler a continuação, deve ser mesmo melhor que o primeiro. Só vejo elogios. ahaha

      Excluir
  3. Olá
    Gosto muito de fantasias, especialmente as épicas, até achei o livro interessante, mas não sei se leria, suas ressalvas me deixou um pouco com o pé atras.
    Sabe penso mesmo que você sobre o fato do livro se passar em outro país, já perdi as contas do quanto me perguntei isso, especialmente nos romances de época.
    Nyaaa para mim também vampiros são os da Anne Rice, ninguém criou vampiros melhor que ela, talvez o Sr Stoker, mas Drácula é um clássico, não conta :P
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não li Drácula, eu seeei que como fã de vampiros preciso ler urgentemente.
      O livro é bem divertido apesar dos pontos fracos.rs

      Excluir
  4. Olá, esse gênero tem me desperto um grande interesse. Eu ainda não conhecia o livro mas pelo que li na sua resenha, o livro tem tudo o que eu gosto em uma leitura e acredito que eu gostaria bastante. Acho que também ficaria meio confusa no início mas que depois entenderia bem a história. Estou curiosa para acompanhar o desenvolvimento e entender melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que só me causou confusão no início mesmo, depois eu não quis mais parar deler! Recomendo!

      Excluir
  5. Oi Erica.

    Gostei da sua sinceridade na resenha. Eu tenho interesse em ler esse livro justamente por abordar vampiros e ter lido várias resenha positivas a respeito dele. Mas para falar a verdade não sei quando irei lê-lo.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sabia que esse livro era tão bem falado até fazer a resenha, acredita? Eu peguei ele emprestado e simplesmente li, sem ver nenhum comentário sobre ele. Eu faço muito isso.

      Excluir
  6. Nossa, vampiro e minotauro no mesmo livro? Deve ser um pouco confuso porque "foge" do padrão né?!O livro em momento algum indica ser nacional. Eu só soube mesmo por conta da resenha. Também achei negativo um livro nacional não acontecer nada relacionado ao nosso país. Eu gosto muito de fantasia misturado com história sabe, mas confesso que essa não me chamou atenção. Mas quem sabe, se eu ler, me interesse não é?

    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foge sim do padrão, principalmente do meu, mas foi uma mistura que deu certo. Você poderia tentar sim, é uma leitura divertida.

      Excluir
  7. Olha eu já vi várias resenhas sobre esse livro e sinceramente ele nunca me chamou atenção para fazer a leitura. Já faz um bom tempo que não leio nada sobre vampiros sabe? Até porque agora estou em outro estado de espirito para leitura rs
    Mas mesmo assim já vi ótimos comentários e me parece ser bom, mas não sei o que esperar, só lendo para saber. Espero que seus outros leitores gostem =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-escola-de-viloes.html

    ResponderExcluir
  8. Saudações literárias! Gostei da premissa, porém sendo livro com vampiros eu deixo de lado e procuro algo mais forte. Gostei da capa desse livro, bem instigante.

    ResponderExcluir
  9. Sempre que vejo esse livro em algum lugar eu só consigo pensar n'A Torre Negra, e sempre me perguntei se realmente havia alguma inspiração, mas pela sua resenha parece que passa longe hahahah

    Mago e Vidro

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Não tinha ouvido falar no livro, também não conhecia a autora.
    Essa história parece ser uma loucura kkkkk
    Estou meio decepcionada com essas coisas de vampiro, nenhum é mais igual ao Drácula :( geralmente são românticos demais, mas acho que esse livro não trata deles dessa maneira
    A história parece ser interessante, a ideia é legal. Espero um dia ler ele, no momento tenho outros na frente dele na fila kkkk
    Gostei da forma como você divide a resenha, bem organizado
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, ainda não conhecia a obra, e esse mistura parece ser bem diferente, nunca vi nada assim. Não sei se é um livro que leria, mesmo parecendo ser bastante interessante.

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá! Eu gostei muito da sua resenha. E estou ANSIOSA DEMAIS para ler esse livro. Infelizmente, ainda não tive a chance, mas quero mesmo conhecer a escrita da autora. Que bom saber que é o tipo de história que nos faz mergulhar de cabeça, mas fiquei realmente decepcionada por saber desse lance de não ter nada sobre o Brasil sendo que o contexto envolve a Terra. Uma pena mesmo.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Ainda não conhecia o livro, mas gostei muito da premissa dele e acho que gostaria da leitura na mesma medida que você.
    O fato de o livro ser nacional e ambientado em outro país também me incomoda, também tenho o costume de perguntar porque isso acontece. Até a Tia Steph escreveu uma cena aqui no Brasil, porque nós, brasileiros, não fazemos isso?
    Apesar dessa ressalva, é um livro que leria e, quase com certeza, amaria a leitura lol
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia a autora e nem o livro e fiquei empolgada porque ainda que eu não leia fantasia com muita frequência, quero começar a ler mais, mas com alguma coisa menos famosa. Acho que este livro se encaixa bem no que eu pretendo. Também torço um pouco o nariz para autores brasileiros que não aproveitem a nossa cultura, mas se o enredo me prender, até esqueço a nacionalidade de quem escreveu.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto muito de narrativas com essa pegada sobrenatural, amo histórias de vampiros, e a premissa do livro é ótima. Já tinha lidos resenhas sobre essa autora, mas nunca li nada dela. Penso em ler esse. Concordo com você em relação ao fato não haver nenhum personagem brasileiro, já que a autora é brasileira. Dica anotada!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    EU ainda não conferi esse livro devido a minha falta de tempo, e confesso que ainda não tinha procurado detalhes sobre ele. Achei interessante a trama, pois gosto de livros sobrenaturais. Ainda não conheço a narrativa da autora, e espero gostar da história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  17. Eu conheci a Kel no tempo que ela escrevia fanfic Robsten, amava as histórias dela e na bienal do Rio descobri que ela tinha lançado esse livro. A principio eu não lembrava de onde conhecia o nome Kel Costa até conversar com uma amiga e descobrir que era o tempo que eu lia fanfic.
    Eu comprei Fortaleza Negra e ainda não li. Foi interessante ver a sua resenha me deixou com mais vontade de ler a história, tinha muito medo de não ser tudo aquilo que esperava, mas pelo pouco que você nos passou estou vendo que posso ir sem medo.
    Vou confessar que nunca li nada da Anne Rice, sempre tive vontade de ler Entrevista com um Vampiro, mas nunca me arrisquei por medo de não ser o tipo de vampiro que amo que são essas que temos hoje em dia. Pelo o que você falou vejo que realmente não iria gostar. Amo o filme Entrevista com um Vampiro, mas... Filme e livros são diferentes, não é? Eu sou meio estranha, pois tem certos livros que prefiro os filmes tipo Jogos Vorazes... Por favor, não me mate aushuahsuahs
    Sobre esse ponto que você falou: "Basta termos uma preferência nacional por livros americanos, ainda temos que ler livros brasileiros com personagens americanos?"
    Seguinte, o autor não elabora a história, os personagens que falam o que querem. Eu escrevo e todos os meus personagens sempre moram nos EUA, não consigo escrever o enredo passando no Brasil. Por que? Porque meus personagens querem nos EUA e mesmo se fosse escrever no Brasil apenas em pensar nisso me sinto incomodada é como se... Não fosse eu, como se não fosse uma história minha. Difícil explicar isso.
    Enfim, parabéns pela resenha.

    Blog
    Blog Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  18. Olá. Pra começar eu adoro sobrenatural, mais precisamente os vampiros e essa resenha me chamou atenção, pois eu fiquei interessada. Completamente. Achei a premissa boa.
    Eu entendi sua frustração de ser um livro nacional, com nada relacionado ao Brasil, eu penso que seja porque aqui não tem muito marketing, então os autores estão fazendo de um jeito que chame mais atenção ao estrangeiro. Enfim, vamos lutar pelo nosso nacional né? #EuleioBrasil

    Mas que bom que o livro tem uma boa qualidade e que tem as ilustrações, assim você tem mais ideia de como são os personagens na visão da autora.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos

    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi,
    Confesso que entendo bem sua frustração pelo o livo não se passar no Brasil. Os livros do André Vianco são de vampiros e a hist se passa no Brasil e funciona super bem. Fiquei bastante curiosa e espero ler em breve!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Eu não conhecia o livro, mas gosto bastante desse gênero.
    Entendo sobre a sua frustração, muito chato ler um livro nacional e poderia muito bem passar aqui. O que me dar raiva é colocar nomes que nem sabemos pronunciar aff eu faço resenha em vídeo e é um saco quando tem isso.
    Pelo menos você gostou do livro, tem uma boa qualidade e tem ilustrações, amooo quando tem, podemos conhecer melhor cada personagem e o local.
    Parabéns pela resenha.
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    O livro tem tudo o que eu gosto em uma obra de fantasia, mas eu me pergunto a mesma coisa: por que não tem nada do Brasil se é uma obra nacional? É claro que os autores tem total liberdade de explorarem seu universo e criarem tudo ali da maneira que quisessem, mas né... Preferia que se passasse no Brasil. Gostei da premissa, como disse, tem tudo o que eu gosto. Espero poder ler em breve. :D

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Se a Guerra Fria foi entre EUA e Rússia, como incluir o Brasil??? Não vejo sentido! Porém, não sei se leria a história. Eu achei até engraçadinha, e só. Não vi uma mensagem forte, mas enfim, que bom que gostou da leitura.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Erica tenho Fortaleza Negra na estante desde que lançou, vi alguns blogueiros flando extremamente bem do livro mas prefiro ter a trilogia toda lançada para começar a ler. Bom, entendo seu ponto de vista com relação a ambientação, acho que os autores deveriam fazer uma forcinha para ambientar a história em nosso país. Outro ponto a comentar é sobre seu gosto por Vampiros, também sou fã de Anne e qdo comecei a me aventurar por esse novo "costume" vampiresco também fiquei muito com o pé atrás, mas a gente acaba se acostumando se separar uma coisa da outra. Acho que sua resenha é a primeira não tão positiva que eu li do livro, foi bom para tirar uma base do que eu talvez ache da obra!

    ResponderExcluir
  24. Oi Erica,
    Eu li até a metade de Fortaleza Negra é gostei, isso em 2014, só que como não tínhamos previsão do segundo livro eu parei e resolvi esperar o lançamento, aproveitei que fui a bienal do RJ em 2015 e comprei o segundo volume, mas resolvi esperar o lançamento do terceiro livro para reler o primeiro e ler Tempestade de sangue. Mas até então o que li eu gostei. Entendo o seu ponto de vista, mas seria complicado para os vampiros da história residir no Brasil, com o nosso clima, mas gostaria sim que os livros tivessem plano de fundo no Brasil. Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Oie, tudo bem?
    Assim como você, também adoro os livros da Anne... Eu ainda não li 'Fortaleza Negra', e não li muitas resenhas a respeito, justamente para não criar muitas expectativas e me decepcionar. Acho que suas dúvidas poderão ser respondidas nos demais livros, não? E já pensou se aparece um brasileiro na trama? Seria bem bacana! Mas, lendo um dos comentários, entendi que talvez não seja plausivel um vampiro vivendo no Brasil... MAS VAI QUE aparece um mocinho, sei lá hahahaha

    Beijinhos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  26. Oi, Erica!
    Já vi diversas indicações desse livro em outros blogs mas nunca havia parado para saber de verdade da sinopse, além do principal sobre ser uma fantasia e ter vampiros. Particularmente não me incomodo muito com a questão do livro ser brasileiro e ter apenas personagens de nacionalidades estrangeiras, mas realmente quando o contexto é mais próximo do nosso país, fica mais fácil se envolver com a história como um todo. Por mais que a premissa seja de interessante, de qualquer forma, não sei se leria; o detalhe das cenas mais sensuais me repele um pouco, geralmente pulo todas quando as encontro em alguma leitura, rs. Mas um dia, quem sabe? Muitos nacionais tem me surpreendido e cativado no quesito fantasia, o mesmo pode acontecer com este, em um outro momento.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem.

    É a primeira vez que vejo este livro. Também não conhecia a autora. Achei a premissa até interessante, mas dei um tempo em histórias de vampiro. E achei muita informação na história, mas estava pensando aqui, mas pode dá certo também, e acabei ficando curiosa para descobri mais. Uma pena não ter nada relacionado ao Brasil, pois gosto quando a história tem cenário aqui. Adorei a dica.

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. História nacional, não ambientada no Brasil, é uma pauta complicada e que gera muitas discussões, sinceramente, não sei exatamente qual lado tomar, mas confesso que quando a história se passada no Brasil e principalmente em locais que eu começo por exemplo, fica mais envolvente a história e especial, mas até entendo alguns autores por não fazer sua história no Brasil.

    Bem, vi muita crítica boa sobre esse livro da Kel, aliais a maioria concorda que é um excelente nacional, mas não tive a oportunidade de ler, mas tenho curiosidade, principalmente por se tratar de fantasia e ter tantos seres fantásticos no enredo. Fico feliz que no final das contas o livro foi bom, espero que em breve eu também possa ler.

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  29. Oi Erica!! É muito difícil qdo nos habituamos com a escrita de um autor. Estou passando por isso recentemente, conheci um autor nacional fodástico, que cria ambientes e personagens incríveis. Ai qdo pego outros livros do gênero, que tem algo em comum, fico comparando e acabo não gostando. Te compreendo rsrsrs
    Eu amo fantasia, e qdo li a resenha desse livro no Overdose Literária, fiquei apaixonada. Ainda não o adquiri pq o preço é sempre inacessível, nunca encontrei promoção rsrsrs.
    Concordo com vc nessa parte de, muitos autores, não introduzirem aspectos nacionais ao livro. Claro que depende muito do contexto desenvolvido. Eu sempre espero uma citação que indique características brasileiras em livros nacionais.
    Beeeijos
    lua-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Eu acho bacana quando o autor inova algo: vampiros, zumbis, etc... Não aguento muito mimimi sobre isso porque essas coisas nem existem, então quem disse que precisa ser de jeito x e não y? Sobre a ambientação, eu prefiro nacionais que são narrados no Brasil, mas se não for, não me importo muito. Eu adorei esse livro, e quero muito ler o último livro logo!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  31. Oie!
    Os vampiros da Rice são demais né? Eu acho que eles chegam o mais perto dos vampiros, se eles existirem. Mas, temos muitas histórias com vampiros por aí, cada um com suas características e até gosto. Esse livro já faz tempo que eu fico de olho, querendo ler, mas não é a prioridade na lista de compras.
    Gostei de você tocar nesse ponto da ambientação do livro. Acho muito ruim autor nacional não fazer livro no Brasil! Quando é fantasia, e são lugares inventados, aí tudo bem, mas nesse caso ela usa cidades reais e ainda assim não tem o Brasil. Sacanagem.

    beijos

    ResponderExcluir
  32. Ola!
    Eu adoro livros de vampiros, e seres mitologicos, mas não me interessei muito por esse não, já li algumas resenhas, mas nao consigo tomar gosto por ele.
    Não sei se é a capa ou a historia em si mesmo.

    ResponderExcluir
  33. Oi, fazia tempo que não via resenha desse livro, mas lembro que na época do lançamento aconteceu um verdadeiro frisson na blogosfera. Esse não é o tipo de leitura que eu curta, por isso é uma indicação que eu passo. Mas, como assim as folhas soltam?
    Um absurdo isso a editora, deveria se preocupar mais com a qualidade dos livros. Beijos

    ResponderExcluir
  34. Oi!
    Eu tenho muita curiosidade sobre esse livro, gosto bastante de fantasias envolvendo vampiros e vejo tantos comentários positivos sobre Fortaleza negra que não tem como não ter vontade de ler... Concordo que deveria ter personagens brasileiros, mas talvez eu mude de opinião ao ler haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  35. Olá!

    Essa série é pouco conhecida, e acredito que só não fez sucesso porque a editora não divulgou o suficiente. Todas as resenhas que li sobre esse livro foram boas, e me deixaram super curiosa, já que adoro o gênero sobrenatural.
    Por ser uma série, e eu estou evitando-as, deixarei para ler futurarmente, mas gostei muito da premissa.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Olá... não conhecia "fortaleza negra" e fiquei curiosa para saber mais sobre o livro e sobre a autora, já que eu também não a conheço! Quanto a premissa, tenho um pé atrás porque não sou muito fã de fantasia ainda mais com suas considerações acabei de desanimando um pouquinho para lê-lo. Exatamente por procurar mais sobre o livro, ler outras resenhas e quem sabe eu não me empolgo em aventurar por fortaleza negra.

    bj
    keyla - http://www.blogleituraterapia.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Oiie,

    Eu não conhecia essa obra, mas sinceramente não gostei muito desse enrendo, apesar de gostar de fantasias, vampiros, ela não me encantou. Não sei se foi pelo fato de que a autora se enrolou um pouco, acho que vou deixar passar essa dica.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...